Mensagem para quem cuida da vida dos outros


Procureis viver quietos, tratar dos vossos próprios negócios, e trabalhar com vossas próprias mãos, - 1 Tessalonicenses 4:11

O Apóstolo Paulo nos orienta para que cada um de nós cuide da sua própria vida. Não é muito difícil saber o porquê de ele ter recomendado isso. Ora, se cada um de nós já temos grandes dificuldades em cuidar das nossas próprias vidas como é que nós podemos ainda cuidar bem da vida dos outros.

Nós só devemos cuidar da vida de alguém quando isso é algo natural ou quando é – verdadeiramente - para o bem do outro. Isso se aplica no caso de uma mãe ou de um pai quando da educação dos filhos. De uma pessoa ,verdadeiramente amiga, quando do aconselhamento de alguém que não está num bom caminho. Outra situação é quando uma pessoa idosa, que já não consegue cuidar de si mesma, e necessita de cuidados. Enfim, essas e outras situações parecidas.

Na palavra de Deus existe uma passagem muito interessante onde podemos ver uma pessoa cuidando, indevidamente, da vida do outro. Vamos observar:

Veio, pois, Jesus seis dias antes da páscoa, a Betânia, onde estava Lázaro, a quem ele ressuscitara dentre os mortos. Deram-lhe ali uma ceia; Marta servia, e Lázaro era um dos que estavam à mesa com ele. Então Maria, tomando uma libra de bálsamo de nardo puro, de grande preço, ungiu os pés de Jesus, e os enxugou com os seus cabelos; e encheu-se a casa do cheiro do bálsamo. Mas Judas Iscariotes, um dos seus discípulos, aquele que o havia de trair disse: Por que não se vendeu este bálsamo por trezentos denários e não se deu aos pobres? Ora, ele disse isto, não porque tivesse cuidado dos pobres, mas porque era ladrão e, tendo a bolsa, subtraía o que nela se lançava. João 12:1 a 6

Nessa passagem Judas se intromete numa situação que não tinha nada a ver com ele. A situação envolvia Jesus e Maria. Maria estava fazendo uma oferta a Jesus e Jesus estava recebendo a humilde doação de Maria. Portanto, fica muito claro que, ao comentar algo a respeito do que estava acontecendo, Judas, sem ser chamado, acabou se metendo na vida de Jesus e também na vida de Maria.
Muito bem. Nessa passagem uma coisa nos chama muita à atenção: a falsidade de intenção que motivou Judas a se intrometer na vida alheia.

Aqui está à chave da nossa mensagem de hoje:

A pessoa que gosta de ficar se metendo na vida alheia sem ser chamada é uma pessoa que está dominada pelo espirito da mentira e pelo espirito maligno da falsidade. Quando alguém resolve se intrometer indevidamente na vida do outro, essa pessoa certamente está com outras motivações além daquela de simplesmente ajudar.
É como observamos na passagem bíblica. Judas aparentemente queria se passar por bonzinho e queria mostrar uma razão nobre para o seu comentário, mas a verdadeira razão estava encoberta. O verdadeiro motivo estava, secretamente, sendo sugerido e manipulado pelo pai da mentira e da falsidade.

É muito importante que atentemos para esse tipo de situação onde uma pessoa nos aborda para, indevidamente, falar de alguma coisa sobre a nossa própria vida ou para falar da vida de alguém que é próxima a nós.

Devemos sempre ficar com os dois pés atrás com esse tipo de pessoa, pois assim como Judas, são pessoas que estão sendo manipuladas pelas forças do mal com o intuito de levarem a mentira, a falsidade, a fofoca e a destruição.


Amém e graças a Deus. Fique na paz do Senhor Jesus Cristo.

MENSAGENS DE ANIVERSÁRIO

USE O PODER DA SUA FÉ EM DEUS

RECEBA, GRÁTIS, MENSAGENS NO SEU E-MAIL

NÃO ENCONTROU? PESQUISE AQUI

Carregando...

JUNTE-SE A NÓS NO G+

SIGA-NOS E RECEBA AS NOSSAS ORAÇÕES

Arquivo do blog