Mensagens de fé - A atitude certa muda tudo

16 Ele desejava encher o estômago com as vagens de alfarrobeira que os porcos comiam, mas ninguém lhe dava nada.
17 "Caindo em si, ele disse: 'Quantos empregados de meu pai têm comida de sobra, e eu aqui, morrendo de fome!
18 Eu me porei a caminho e voltarei para meu pai e lhe direi: Pai, pequei contra o céu e contra ti.
19 Não sou mais digno de ser chamado teu filho; trata-me como um dos teus empregados'. - Lucas 15:16-19 

De uma maneira parecida, quantas e quantas vezes nós também não nos sentimos diminuídos, oprimidos, desvalorizados e humilhados diante de uma situação difícil no nosso trabalho, na nossa comunidade, em casa, na rua, na escola, na faculdade, na igreja ou em qualquer outro lugar.

O foco da nossa mensagem de hoje vai girar em torno do momento mais complicado que o filho pródigo viveu. Aquele jovem tinha passado por muitos lugares e situações, mas agora ele estava vivendo uma situação extremamente negativa. O negócio pro lado dele não estava nada fácil.
 
Assim como aquele rapaz estava vivendo um momento bastante difícil, onde ele estava muito triste, angustiado e humilhado, muitas pessoas agora se encontram do mesmo jeito. Muitas pessoas, desculpem-me por falar assim, estão na lama. Não por fazerem o que fez o moço da parábola, mas por passarem também por momentos muito complicados, por sentirem dores, sofrimentos e todo tipo de humilhação.

Certo! E daí? O que tem a ver uma coisa com a outra?

Essa extraordinária parábola nos deixa muitas e muitas lições. Uma dessas lições nos mostra exatamente como devemos agir diante das muitas situações difíceis que estamos sujeitos a passar nessa vida.

E como devemos agir nessas situações?

Nós devemos fazer o que o rapaz da parábola fez:


17 "Caindo em si, - Lucas 15:17

Foi isso que ele fez. Ele caiu em si.

O que significa esse cair em si?

Cair em si é reconhecer que nós não somos, e que não podemos nada. Cair em si é ter noção de que somos pequenos e fracos. Cair em si é darmos conta de que não passamos de pó, de barro e de vaso. Quando assumimos a nossa insignificância diante de tais situações nós nos comportamos como um vaso vazio. Quando assumimos o nosso vazio de sabedoria, de inteligência e de poder nós nos colocamos a disposição para que possamos ser repletos do único e poderoso conteúdo que realmente pode fazer a diferença para nós: Esse conteúdo é a maravilhosa presença do nosso Deus, do Senhor Jesus Cristo e do Espírito Santo de Deus nas nossas vidas.

Isso é cair em si. Cair em si é abandonar-se nos braços amorosos e poderosos do nosso Pai. Cair em si é pedir socorro para aquEle que é o nosso único e verdadeiro protetor e salvador. Cair em si, pode até parecer confuso, mas na verdade, é um sair de si mesmo. É quando nos entregarmos completamente nos braços do nosso Deus para que Ele, o Poderoso Senhor de todo o universo  possa eliminar das nossas vidas tudo aquilo que causa em nós a tristeza, a angústias, as frustrações, as dores, sofrimentos e as humilhações.

Cair em si, não é mergulharmos na nossa própria essência e, sim, mergulharmos no infinito reconhecimento do Poderoso Poder do nosso Deus e Senhor.

Sair de nós mesmos e nos entregarmos completamente nos braços da Santíssima Trindade. É isso que fez toda diferença na vida daquele jovem e é exatamente isso que sempre vai fazer a diferença nas nossas vidas.

Dessa forma, sempre que estivermos nos sentindo fracos, desorientados, com dores, sofrendo ou sendo humilhados não devemos resistir com a nossa minguada sabedoria e força. Imediatamente devemos nos abandonar nos braços do nosso Deus, do Senhor Jesus Cristo e do Espírito Santo de Deus, pois só assim, na presença do Poderoso Poder do nosso grande Pai é que haveremos de conseguir o conforto, o alivio e o livramento para todas as situações adversas da vida.

Amém e Graças a Deus. Fique na paz do Senhor Jesus Cristo.   

MENSAGENS DE ANIVERSÁRIO

USE O PODER DA SUA FÉ EM DEUS

RECEBA, GRÁTIS, MENSAGENS NO SEU E-MAIL

NÃO ENCONTROU? PESQUISE AQUI

Carregando...

JUNTE-SE A NÓS NO G+

SIGA-NOS E RECEBA AS NOSSAS ORAÇÕES

Arquivo do blog