A oração que Jesus nos ensinou. O Pai Nosso. - Mensagens Evangelicas da Palavra de Deus

O mistério do Pai nosso
A grande oração
A oração que Jesus nos ensinou
Oração do Pai nosso 
O segredo da oração
Devemos aceitar a vontade de Deus nas nossas vidas

9 Portanto, orai vós deste modo: Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome;
10 venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu;
11 o pão nosso de cada dia nos dá hoje;
12 e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós também temos perdoado aos nossos devedores;
13 e não nos deixes entrar em tentação; mas livra-nos do mal. [Porque teu é o reino e o poder, e a glória, para sempre, Amém.

Mateus 6:9-13


O Pai nosso, essa linda oração que o Senhor Jesus nos ensinou, com certeza, todas as pessoas devem conhecer.

Alguns gostam mais da parte que fala do pão nosso de cada dia. Outros gostam mais da parte que fala do perdão dos nossos pecados e existem aqueles que se identificam mais com o texto que fala do nome Santo e Glorioso do nosso Deus de Amor.

Entretanto, existem duas partes que, acredito serem elas, muito interessantes e bastantes reveladoras para o nosso crescimento espiritual e também para o desenvolvimento da nossa relação com o nosso Deus e Pai. 

A primeira parte é a parte que diz:


10 venha o teu reino - Mateus 6:10

Essa palavra nos faz lembrar outra passagem que diz:

Buscai primeiro o seu reino e a sua justiça – Mateus 6:33

A palavra de Deus nos ensina que, antes de buscarmos qualquer coisa, devemos primeiramente, buscar o reino de Deus. Buscar é orar. É pedir. É clamar. Sendo assim, devemos primeiro orar e pedir para que Deus Pai envie o seu reino para as nossas vidas.

O que é um reino: reino é um estado aonde o chefe é um Rei ou ainda é o lugar  onde o Rei é o soberano senhor de tudo.

Portanto, o reino de Deus é justamente o local onde Deus Pai é o Soberano Senhor. No reino de Deus o que Ele fala todos aceitam prontamente, o que Ele pede todos fazem e o que Ele decreta é lei e ninguém desobedece.

Quantas vezes nós já falamos que somos nós quem realizamos isso ou realizamos  aquilo. Gostamos de falar das nossas capacidades e qualidades. Gostamos de nos exaltar. Gostamos de nos valorizar diante das outras pessoas e diante de diferentes situações. Quando agimos assim estamos tentando impor certa superioridade e  domínio e também cativar as outras pessoas.

Será que, agindo assim, não estamos sendo orgulhosos e auto-suficientes?  Às vezes falamos eu sou o responsável pelo meu bem estar. Eu sou o responsável pelo meu sucesso. Eu sou o responsável pelos rumos que a minha vida. Eu... Eu... Eu... Eu... Eu domino a minha vida. Eu faço e aconteço. Eu sou o meu rei. Eu sou o Rei e o soberano no reino do Ricardo, no reino da Adriana, no reino do Vicente, no reino da Mariana...

Jesus disse:

Deixai vir a mim as crianças, e não as impeçais, porque de tais é o reino de Deus.
15 Em verdade vos digo que qualquer que não receber o reino de Deus como criança, de maneira nenhuma entrará nele.

Marcos 10:1-15

20 Sendo Jesus interrogado pelos fariseus sobre quando viria o reino de Deus, respondeu-lhes: O reino de Deus não vem com aparência exterior;
21 nem dirão: Ei-lo aqui! ou: Ei-lo ali! pois o reino de Deus está dentro de vós.

Lucas 17

3 Respondeu-lhe Jesus: Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.
4 Perguntou-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? porventura pode tornar a entrar no ventre de sua mãe, e nascer?
5 Jesus respondeu: Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus.
6 O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito.
7 Não te admires de eu te haver dito: Necessário vos é nascer de novo.
8 O vento sopra onde quer, e ouves a sua voz; mas não sabes donde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito.

João 3:3-8

O novo nascimento é justamente quando aceitamos o senhor Jesus Cristo como o nosso Soberano Senhor, depois do batismo já não somos mais os filhos físicos da Dona Clotilde e do Seu Antenor e sim Filhos do nosso Deus e Pai. Tudo isso é feito pelo arrependimento dos nossos pecados e pelo batismo nas águas e no Espírito Santo de Deus.

Buscar primeiro o reino de Deus é justamente chamar o único e verdadeiro Rei para assumir o trono do nosso coração é reconhecer a nossa dependência do nosso Deus e Pai de Amor e bondade. Devemos nos entregar feito criançinhas nos braços do Pai amado e crer que Ele sempre tem o melhor para nós. Isso é o reino de Deus.

Desta forma quando pedimos ou oramos na oração do Pai Nosso: venha a nós o vosso reino, isso só será possível acontecer se nós abdicamos do trono do nosso coração e o entregarmos a quem é lhe é de direito. Ao Rei Soberano e Senhor das nossas vidas o Senhor Jesus Cristo. Esse é o reino que a oração do Pai nosso fala. É o reino onde o Senhor Jesus Cristo é o soberano Senhor de tudo. No Reino de Deus é a vontade dEle quem vai imperar em nossas vidas e não a nossa. Amém!


A segunda parte é aquela que diz:


Seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu; - Mateus 6:10


Assim chegamos a mais uma grande revelação do nosso Deus de Amor. Essa parte da oração que diz: Seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu, a meu ver, trata-se de um texto bastante interessante e revelador. Geralmente quando oramos pedimos ao Senhor Jesus que Ele interceda pela nossa vida sentimental, familiar, profissional ou então pedimos para que Ele interceda pela vida ou por alguma coisa de outra pessoa que estiver passando por alguma necessidade.

E nós? Estamos preparados para fazer a vontade de Deus ou só queremos mesmo é fazer somente aquilo que é da nossa inteira e egoísta vontade? A oração diz:

Seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu; - Mateus 6:10

Creio que agora é a hora de nos comprometermos com o nosso Deus Amado e falar para Ele que nós estamos de todo o nosso coração e inteligência dispostos a aceitar nas nossas vidas a sua divina vontade. Não a nossa titubeante e indecisa vontade, mas sim a justa e maravilhosa vontade do nosso querido Mestre e Senhor.

Não sabemos quais são os planos de Deus para as nossas vidas. Na verdade isso não tem a menor importância quando assumimos verdadeiramente que estamos abertos e receptivos a todas as coisas ou eventos que possam ocorrer nas nossas vidas. Mesmo quando tratar-se de um momento de muita felicidade ou não  

As vezes não gostamos ou não concordamos com os rumos que a nossa vida acaba tomando e nos perguntamos:

Por que tem que ser assim?
Por que isso foi acontecer comigo? Por quê?
Por que isso aconteceu agora?
Por que isso aconteceu com ele ou com ela?

Não sabemos por que o sol é do jeito que é, mas sabemos que o nosso criador foi quem fez o sol daquele jeito e para aquela utilidade. Da mesma forma Ele é quem sabe o que é melhor para as nossas vidas e para a vida daqueles que amamos.

Desta forma, nunca resmungando ou maldizendo, devemos com coragem, humildade, confiança e fé dizer ao nosso Deus e Pai que  estamos prontos a aceitar nas nossas vidas, tudo aquilo que Ele reservou para nós desde o inicio.

Não devemos nos preocupar com o nosso destino ou com o futuro daqueles que amamos, pois o nosso Deus, em todo o universo, é o único ser realmente Bom. E sendo Bom e Generoso assim, Ele sempre tem para nós somente aquilo que é bom, saudável e que contribui para que tenhamos uma vida cada vez melhor.

Amém e Graças a Deus!

GRÁTIS - MENSAGENS DE FÉ NO SEU E-MAIL

PESQUISAR NESTE BLOG

Carregando...

SIGA-NOS E RECEBA AS NOSSAS ORAÇÕES

CURSOS GRATUITOS

Veja aqui todas as mensagens do site

Translate

VOCÊ PODE NOS AJUDAR!

VOCÊ    PODE    NOS    AJUDAR!