A vida, a morte e a ressurreição do nosso Senhor Jesus Cristo - Mensagens Evangélicas da Palavra de Deus

A vida, a morte, e a Gloriosa ressurreição do Senhor Jesus Cristo
O grande sacrifício de Amor do Senhor Jesus Cristo
A vida, a morte e a ressurreição do nosso Senhor Jesus Cristo
A luz brilhou no meio de nós


1 Quem deu crédito à nossa pregação? E a quem se manifestou o braço do Senhor?
2 Pois foi crescendo como renovo perante ele, e como raiz que sai duma terra seca; não tinha formosura nem beleza; e quando olhávamos para ele, nenhuma beleza víamos, para que o desejássemos.
3 Era desprezado, e rejeitado dos homens; homem de dores, e experimentado nos sofrimentos; e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum.
4 verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e carregou com as nossas dores; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido.
5 Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e esmagado por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.
6 Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas, cada um se desviava pelo seu caminho; mas o Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de todos nós.
7 Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a boca; como um cordeiro que é levado ao matadouro, e como a ovelha que é muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a boca.
8 Pela opressão e pelo juízo foi arrebatado; e quem dentre os da sua geração considerou que ele fora cortado da terra dos viventes, ferido por causa da transgressão do meu povo?
9 E deram-lhe a sepultura com os ímpios, e com o rico na sua morte, embora nunca tivesse cometido injustiça, nem houvesse engano na sua boca.
10 Todavia, foi da vontade do Senhor esmagá-lo, fazendo-o enfermar; quando ele se puser como oferta pelo pecado, verá a sua posteridade, prolongará os seus dias, e a vontade do Senhor prosperará nas suas mãos.
11 Ele verá o fruto do trabalho da sua alma, e ficará satisfeito; com o seu conhecimento o meu servo justo justificará a muitos, e as iniqüidades deles levará sobre si.
12 Pelo que lhe darei o seu quinhão com os grandes, e com os poderosos repartirá ele o despojo; porquanto derramou a sua alma até a morte, e foi contado com os transgressores; mas ele levou sobre si o pecado de muitos, e pelos transgressores intercedeu.

Isaias 53


O nosso Senhor Jesus Cristo, o messias, o filho único e bendito de Deus Pai veio ao mundo para mostrar o Amor de Deus pelos homens, muitos ouviram a Palavra que Ele anunciou em nome do Deus Altíssimo. 
Benditos os Filhos de Deus que ouviram. Abençoados os Filhos de Deus que aceitaram e que praticaram as Boas Novas que o Senhor do Amor anunciou, a estes, Deus pai lhes deu o poder de serem chamados Filhos de Deus.

O preço que Deus Pai pagou pelo resgate de cada um de nós foi elevadíssimo e precioso demais. Deus, num gesto do mais puro amor enviou o seu próprio Filho amado para que Ele se fizesse oferta do mais puro e sublime Amor para a remissão, para o perdão dos nossos pecados e nos dar a nossa salvação e vida eterna.

Depois de proclamar e mostrar aos homens o Amor e a presença de Deus no meio de nós Ele, o Deus homem, foi rejeitado, humilhado, espancado, ferido e completamente esmagado pelas nossas maldades, pelos nossos pecados, pelos nossos corações repletos de egoísmo, inveja, violência, crueldade e maldade.

Nós, os seus filhos, ao contrário de darmos ouvidos a Ele e aos mandamentos de Deus preferimos ouvir outras pessoas e filososfias e assim seguir por outros caminhos que não aqueles orientados pelo nosso Deus amado, mesmo assim era o Senhor Jesus quem estava levando sobre si todas as nossas rebeldias e os nossos pecados.

Era ele quem estava recebendo no próprio corpo dEle os nossas chicotadas, a nossa coroa de espinho e a nossa morte dolorosa e humilhante. Era Ele quem estava ali tomando o meu e o seu lugar. Era Ele, o próprio Deus, era Ele quem estava mostrando o seu imenso amor por nós carregando naquele pesado madeiro todas as nossas transgressões e pecados.

No entanto, aquela morte humilhante era o inicio de uma nova vida, uma vida vencedora e vitoriosa, na qual, o Senhor Jesus Cristo, por meio da sua maravilhosa, sobrenatural e poderosa ressurreição, levou cativos e de modo humilhante tanto a morte quanto o pai da morte, o diabo.

Aquela semente da vitoria que, há pouco havia sido plantada na dor e no sofrimento, viria a ser o fruto de muitas e muitas alegrias e vitórias por causa da impressionante, poderosa e vitoriosa ressurreição do nosso Senhor da luz, o Senhor da vida, o nosso Senhor Jesus.

O Senhor Jesus Cristo entregou a vida dEle para que nós tivéssemos vida plena. A nossa vida plena só será uma realidade em nossas vidas à medida que entrarmos em contato intimo com a plenitude, com a verdade, com a sabedoria, com a vida e com o sublime Amor que é o próprio Senhor Jesus Cristo.

Naquele dia, naquela cruz terrível, o nosso amado Senhor Jesus Cristo levou sobre si todos os nossos vícios, impurezas, prostituições, egoísmos, pornografias, roubos, doenças, enfermidades, mentiras, maldades, injustiças, crimes, ciúmes, invejas, cobiças, e tudo aquilo que nos afastava de Deus Pai.

Irmãos e irmãs, hoje, vamos fazer a nossa parte. Vamos deixar de lado tudo àquilo que leva o nosso Deus amado novamente para a terrivel cruz. Quando pecamos estamos colocando novamente sobre os ombros feridos do nosso amoroso Senhor Jesus Cristo mais peso e mais dor.  

Ele já fez a parte dEle. Agora é a nossa vez. Vamos fazer a nossa parte que é ter fé e perseverança, para que assim, possamos vencer a nossa jornada e tomarmos posse da nossa vida eterna ao lado do nosso Deus e Senhor da Vida.

Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que morra, viverá;
 João 11:25


Amém e Glórias a Deus. Fique na paz do Senhor Jesus Cristo.

JUNTE-SE A NÓS NO G+

SIGA-NOS E RECEBA AS NOSSAS ORAÇÕES

GRÁTIS - MENSAGENS DE FÉ NO SEU E-MAIL

PESQUISAR NESTE BLOG

Carregando...

COMO COLAR?

CURSOS GRATUITOS

Translate